Adriano Castro

Adriano Luiz Ramos de Castro. Salvador, BA, 1968

Um verdadeiro arqueólogo, Adriano Castro encontra sua matéria-prima no lixo urbano, começo de uma construção essencialmente geométrica de restos da vida humana. O critério da centralidade é um recurso recorrente nos campos visuais que Adriano organiza a partir de minuciosa pesquisa nos lixos da Bahia. O que a esse eixo se adere parece ter uma qualidade viva do tempo de agora, sistemática, arqueológica, exata, sentida, inconformada, ligada no momento. E sua mobilidade excita, transitando por todos os vários extratos, das favelas ao jet-set. O trabalho de Adriano me anima: um projeto para mestres que olham no olho da própria vida lascada, embalagem vazia, arregaçada delícia, reconhecendo que se aprende sempre de onde menos se espera.

 

                                                                                                                    Marcos Hill

© 2020 Prova do Artista Galeria de Arte

Travessa Bartholomeu de Gusmão n 13,  loja 01, Rio Vermelho, Salvador - Bahia - Brasil

  • Facebook Clean

(71) 3245 1660 / (71) 3331 6247