Aurelino

Aurelino dos Santos. Salvador, BA, 1942

Para explicar a gênese da arte de Aurelino seria necessário recorrer a Foucault e ao panóptico de Bentham, numa espécie de análise às avessas. Fazendo crer às instituições de controle social que está colaborando, a resposta intuitiva do indivíduo, de resistência e disfarce, é o próprio ato de inventar. Pouco estudada, a intuição é forma de conhecer não-atrelada a padrões estabelecidos. A resposta de Aurelino, materializada em sua expressão pictórica, realiza-se através do controle rigoroso que ele mantém sobre a multiplicidade de referências entrelaçadas, abstraídas do entorno e inscritas na superfície da tela. À cor comedida - em geral pouco luminosa - contrapõe-se assim uma inusitada geometria, testemunho da mais recôndita sensibilidade e espontaneidade do artista.

 

                                                                                                                Pedro Fraga

© 2020 Prova do Artista Galeria de Arte

Travessa Bartholomeu de Gusmão n 13,  loja 01, Rio Vermelho, Salvador - Bahia - Brasil

  • Facebook Clean

(71) 3245 1660 / (71) 3331 6247